De Brasília para o Brasil

Brasília é conhecida não apenas por ser o grande cenário da política nacional e por ter projetos do incrível Oscar Niemeyer, mas por ser berço de grandes
bandas.

Foi no final da década de 70 e início de 80 que grandes nomes do rock nacional começaram a surgir na capital federal, a exemplo do Plebe Rude e da extinta Aborto Elétrico.

A Aborto Elétrico era uma banda de punk rock composta por Renato Russo, Fê Lemos e Flávio Lemos, que, com o fim da banda, se separaram e formaram a Legião Urbana e o Capital Inicial, tendo também seu repertório dividido entre as duas bandas (Capital ficou com "Fátima", "Música Urbana", "Ficção Científica" e "Veraneio Vascaína"; Legião ficou com "Que país é esse", "Geração Coca-Cola", "Conexão Amazônica", "Tédio" e "Química"). Em 2005, o Capital Inicial lançou o álbum MTV acústico Aborto Elétrico, contendo, além das músicas já citadas, mais nove inéditas. Em 2008, o Capital voltou a Brasília para a gravação de um DVD ao vivo e contou com mais de um milhão de pessoas na platéia.



Já na década de 90, foi a vez dos Raimundos surgirem no planalto central e estourarem com a pornográfica 'Selim'. Na mesma década foi formada a banda de reggae Natiruts (antes Nativus), que faz sucesso até hoje.

Mais nova que as demais é a Móveis Coloniais de Acaju, surgida em 1998, que consegue manter o bom nível musical de Brasília, misturando rock e ska com influências de ritmos do leste europeu e música brasileira, porém ainda não faz parte do mainstream.

Não posso deixar de mencionar os cariocas dos Paralamas do Sucesso, que se conheceram lá, e a Cássia Eller, que despontou no mundo artístico em Brasília, através de espetáculos criados por Oswaldo Montenegro.

Atualmente, Brasília conta com o Porão do Rock, o maior festival de bandas independentes do país, que tenta revelar novas bandas no cenário nacional. Foram
11 edições realizadas, 265 atrações diferentes e quase 650 mil espectadores.

Torço para que a música em Brasília um dia se destaque mais do que a vida política.





29 Responses to “De Brasília para o Brasil”

Pirú disse...

a cena musical d Brasilia é uma das maiores do Brasil... e pensar q eles não tinham incentivo nenhum qdo começaram... tudo doidão !

Comenta no meu também ok ???
http://www.escolhaopcional.blogspot.com/
Valeu !

LaH* disse...

Aaaamo Legião! :)

ship . disse...

adorei o texto *-*

http://shipinhamari.blogspot.com/

Bruno†Rox disse...

paralmas do sucesso,otima banda,musicas muito show de bola e ta muito bom seu post :)

eu sendo fa dos paralamas nao posso deixar passar 1 erro,o Herbert Vianna e paraibano nao carioca. :D

www.velhobanguela.blogspot.com

elton disse...

não sabia a origem dessas bandas!
legal agora fiquei informado rs!

Luh disse...

Tamo junto na torcida!

Gabriela Moura disse...

é né, pq isso nao acontece mais hoje?
poxa, legial, capital, raimundos, paralamas...porra, só classico!é impossivel ouvir e nao gostar
mas hoje...cadê?móveis coloniais é um em um milhao, raridade mesmo, num tempo em que td é tão descartavel (vide nxzeroaesquerda, fresno, strike e o caralho a quatro. e natiruts eu nao ouço pq nao curto o tipo de som.
depois me chamam de velha pq eu gosto de bandas mais antigas...digo sempre que musica boa é atemporal!

Luan disse...

Brasilia não é só pizzaria, tambem temos ótimas bandas saindo de lá.
Raimundos, Legião, Capital, Móveis Coloniais..
Só banda boa.
Muito boa aliás.

se puder..
http://www.roquemrol.blogspot.com/

bbros7 disse...

Ao longo dos anos, Brasília teve muitos motivos para se orgulhar, no que diz respeito à música pelo menos.

Ficamos na torcida para que a política também seja motivo de orgulho para a cidade...

Detctors disse...

=D bom blogg!!

Gabi Cabral disse...

amoooo móveeeis!!

;*

Caaah. disse...

Muito bom o texto!!!!
Parabeeeéns pelo blog viu!?

"Ficamos na torcida para que a política também seja motivo de orgulho para a cidade..." [2]

BjO!

Will disse...

Nossa meoo mtoo bom o post!
curte de verdade!
vou seguir!
bjuus

Forlly disse...

Ah aqui estou eu que odeio rock,filme e coisas nacionais x.x
Mas enfim, Brasília é berço de muitas bandas, mas eu só não curto :B

Lucas dos Santos disse...

Sem dúvida Brasilia é a capital do rock nacional!

mto bom!!!

leandro disse...

o repertório do Brasil é variado, rico e inigualável!

Leia Nóis? disse...

parabens pelo texto
um abraço

Carlos Tomaz disse...

Parabens pelo blog!!!
E que conteúdo...
Gostei, espero a visita de vcs!
Bjoos

C. disse...

as bandas de rock nacional originadas em Brasília são as melhores do país; ou foram, sem dpuvida.
Muito legal o blog, parabéns!
Depois dá uma olhada no meu tbem ((:
http://olhaissodai.blogspot.com
seguindo!
:*

Felipe TDL disse...

é nao sabia q eles eram de Brasilia essas bandas.

Luciana Mangas disse...

Legião é TUDO!! Pra mim continua sendo a melhor banda brasileira de todos os tempos!

beeijo!

Luciana

•Tudo.ao.mesmo.tempo.agora• Filmes, séries, livros e entretenimento em geral

http://tdagora.wordpress.com

Twitter: http://www.twitter.com/lucianamangas

Alle disse...

Adorei o texto, muito bem elaborado...
tal como o rock por lá, de quebra lembro de uma música do Capital Inicial, Tédio com um T bem grande pra você, que na moral diz.. Moro em Brasília, já eu sou triste por não morar la!

Debora disse...

Gostei muito do texto.
Capital Inicial é, sem dúvida, uma das melhores bandas nacionais. :D

Adoro Legião, já Capital nao gosto mto nao, as letras são boas, mas nao curto mto o som!
bom post, Bah! =)

Maduras&Imaturas disse...

aiiiiiii caiptal em brasilia...
eu ameeeii o show s2

Rene Sábio disse...

Addoooro todooss, letras, harmonia, tudo.

B.~* disse...

Legião s2 *-*

O album do aborto eletrico do capital inicial é muito bom, conta a histria todinha deles e da legião
beijoss

Gisele disse...

Excelente post, Bárbara!
Não gosto muito da voz do Dinho, mas as músicas são boas. Legião Urbana também é massa, dificilmente encontramos alguém que não goste, ou ao menos não reconheça o valor de suas letras.

Raimundos embalava as minhas festinhas do Ensino Fundamental e as noites-do-pijama promovidas pelos pais de alguns colegas. Selim, Mulher de Fases e Me Lambe me trazem ótimas recordações!

Postar um comentário